sábado, 25 de fevereiro de 2012

vou trabalhar...


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

domingo, 19 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Mentalidade de esquilo

           Se acompanham o blog, (o que duvido, mas se me encontrou: "BemVindo"), sabe que ando a negar-me ao consumo de bens desnecessários à minha existência... não deixei de fumar, se é isso que está a pensar! E já agora eu fumo não por prazer por vício!

            É do conhecimento de todos que os saldos estão a acabar, mais ou menos, facto é que os artigos das lojas, por esta data, estão mais que escolhidos. Eu já me abasteci de mantimentos, sim mantimentos. A época de saldos está para mim, assim como a Primavera/ Verão está para certos animais colectores, armazenistas de mantimentos para o próximo Inverno. Esquilos, Formigas, Ursos, .... 

            Como de orçamento, a coisa vai sendo mais reduzida, tenho de aproveitar os saldos para comprar, chegando a comprar para armazenar. O meu (pequeno) quarto, (pouco) organizado, vai acumulando caixinhas de artigos adquiridos em época de saldos, para quando a necessidade apertar não ter de comprar mais caro... e eu tenho muitas caixinhas...    

             A gestão de compras é tão boa ou tão má, visto que grande parte das coisas que considero necessárias, não o são, arranjo ótimos negócios, basta ir à H&M, ao Outlet da SportZone em Eiras, ou mesmo à ProModa e tenho mais umas peças no roupeiro! Gaja precisa de roupa, não sei bem porquê mas precisa. Ao fim de contas o que eu gosto é de andar de pijama.

               Por vezes, encontro peças, nas ditas caixinhas que nem me lembro onde ou quando as comprei, mas o que interessa é que as comprei, na maior parte das vezes por menos de 10 euros, e não preciso de dar mais do triplo do preço em época normal.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Mais um ano

             Hoje fazemos anos, e nem vamos estar juntos! Nunca deste grande valor a comemorações, e a minha frustração passa também pelo facto de saber, que mesmo que estivéssemos juntos o teu entusiasmo não passa-se pelo motivo do nosso aniversário.

              Yap! E lá vou eu ter de me aguentar à bronca! Distrair-me como puder, e valer-me de qualquer coisa, que ainda não percebi o que será. A tua falta bloqueia-me!