domingo, 27 de janeiro de 2013

Obrigado


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Eles venceram-me

Que nervos, não é como se todos tivéssemos de ter uma máquina de expresso em casa... Nós não vivíamos bem com os saquinhos de café? Mesmo tendo 150 cápsulas iniciais com a compra da máquina...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Séries

                Antes de mais, gostaria de dizer que no próximo mês os posts deixam de ser diários; também gostava de partilhar a ideia de que faz hoje um mês que se celebrou o Natal... um mês! E que é uma estupidez comer tarte de kiwi quente, a menos que queiram parecer uns reis sentados na sanita, ou quem sabe um primeiro ministro a governar um país falido...

                 Hoje antes de vir para casa, passei por casa de um colega e interrompi a compra via Amazon da terceira temporada da série Justified, coisa tão legal que quase me pareceu descabida, já que toda a gente saca tudo da net. Fiquei curiosa, a série já não é recente, mas nunca tinha ouvido falar dela.

                De facto vejo muitas séries, The Big Bang Theory, Dexter (que acabou mais uma temporada), Two and Half Men, Games of Thrones (anseio a nova temporada), ainda agora acabei de ver Spartacus, e só são estas porque já desisti de ver How I Met Your Mother, que a meu ver está mais parecido com uma novela mexicana que outra coisa... E nesta lógica de novela, vejo o quanto ridículo é ver tantas séries, ainda não há muito tempo era foleiro ver novelas, todos censurávamos quem se colava ao ecrã a ver novelas da Globo, e agora não há ninguém que conheça que não veja uma série ou duas.  

                        Não quero com isso dizer que vou deixar de ver séries, aliás quase morri quando me disseram que The Game of Thrones só será transmitida lá para Outubro, a menos quando vejo as séries sempre penso no fantástico que seria se tudo acabasse sempre bem. Não é como se vivesse num país islâmico e fosse censurável ver qualquer coisa para me abstrair da realidade, se bem que existem pessoas que têm um discurso similar aos ditos "Ai porque eles nunca trabalham", sim porque a vida de uma pessoa a trabalhar é, na sua generalidade "muito interessante".

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

WEEEE temos electricidade

        O temporal deu cabo de quase no país, o resto que o governo vai deixando por destruir... que frase fácil em período de crise, já pareço um velho na tasca a falar. 

           Menos mal, temos electricidade, net, água canalizada, net, e... já disse net? Ok, somos na realidade uns sortudos, apesar de nos ter caído o portão do quintal, e continuar um vento que não se pode estar na rua, e a electricidade nunca nos abandonou...

              Acho que vou vender t-shirts: "Eu sobrevivi ao temporal do fim de semana passado", melhor sweats por causa do frio. E como se sobrevive ao temporal? Um bom livro "O Cemitério de Praga" de Umberto Eco, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos dvd's (já que ficámos sem meo) e vontade de cozinhar... Sim, eu fartei-me de fazer bolos, e refeições para um regimento militar que deve durar uma semana (tirando o pormenor de que cá em casa só somos três), ei mas mais vale prevenir. Quer dizer dos bolos não sobra muito.



                E ainda bem que choveu que se fartou, eu também não podia sair de casa, não com a reacção alérgica que a minha pele fez à base por estupidez minha, quem manda usar uma base que já passou a validade?

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

i'm singing in the rain


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Pimp my... boots

                Nem sei de onde vem esta ideia de ter itens que mais ninguém tem, coisas exclusivas. A exclusividade sai caro, ainda há pouco tempo, estava a passear pelos canais do Youtube quando encontrei um video promocional de um site que vendia sapatos exclusivos, cada cliente costumizava o produto que mais tarde adquiria... cada um escolhia o que queria desde o interior, até à cor da sola do sapato.

                O site era estadunidense, até queria comprar um par só pela experiência, se bem que mesmo não comprando, toda a experiência do "brincar" aos designers de calçado já por si é satisfatória. O problema deste tipo de site é sem sombra de dúvidas o tempo de espera no que toca à entrega do produto, e com a Troika a "pesar" nas taxas alfandegárias, o "brincar" fica mais que caro.

                 Só me restou comprar umas botas baratas (15euros), com uns botões giritos por mãos à obra,,, iguais às minhas, não existem nenhumas...


terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Dica do dia

                O objectivo era fazer uma plantação de ervas aromáticas em casa, sem que isso ocupasse muito espaço na cozinha, até porque moro num apartamento. A ideia inicial era comprar uma covete (penso ser essa a denominação da coisa com concavidades várias) para armazenar as sementes para que germinassem na cozinha, mal sabia eu que as covetes têm um valor "enorme" no meu orçamento, digamos que custam 7 ou 8 euros... ei a ideia era poupar!

                  O meu eu mais idiota rumou à arrecadação e encontrou um pedaço de esferovite, que por lá andava perdido, para além de ter guardado rolos de cartão do papel higiénico de modo a tirar por todo um pé de salsa ou coentros para dar a algum vizinho mais necessitado, e assim poupar uns trocos.

                 A terra vem directamente do meu quintal e toda a minha capacidade criativa só me custou 2 euros que gastei na compra das sementes... apropriem-se da minha ideia e poupem uns trocos!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Folheto anti Tabaco

          Tabagismo é um problema grave, complexo e uma tremenda hipocrisia do Estado, que diz que o fumador é um "doente voluntário" esquecendo-se de que à conta da doença dele, lhe sacou uns valentes trocos só em imposto. Trouxe do Centro de Saúde de Cantanhede um folheto que alterei por pura diversão, mais por passa tempo.

Pensamento Positivo


No momento em que para de fumar começará a ter uma vida mais longa. Sem reforma e com fortes probabilidade de contrair outro tipo de doenças, ei cada um escolhe do que quer morrer.

E começará a viver melhor. Sim porque o mal da vida é o tabaco, quem não fuma não tem problemas.

O seu coração e os seu pulmões trabalharão melhor e o seu sangue transportará mais oxigénio. Terá mais vigor e fôlego para enfrentar uma vida até 10 anos mais longa com direito a diálise e assim.

Para além disso terá melhor aspecto, cheirará melhor e encontrará melhores formas de gastar o seu dinheiro. Tretas... dinheiro gasto em pastilhas de nicotina, não é dinheiro bem gasto.

Acabaram-se as manchas de nicotina nas mãos, nos dentes ou nos óculos. Acabaram-se as roupas e o cabelo a cheirar a fumo. Sim porque o fumo é só para fumadores, ou não fumadores nunca cheiram a tabaco...

Pense em como vai saborear melhor a comida e apreciar os aromas mais subtis. Troque o tabaco pela comida, fica gordo mas livre de tabaco.

E porque não programar umas pequenas férias ao sol com o dinheiro que vai poupar? Esteja ciente de que vai sozinho, não alma que aguente gente de ressaca de tabaco com humor mordaz.

Eu tenho mesmo uma relação difícil com tabaco.





sábado, 12 de janeiro de 2013

Pimp my... Clutch

            Ok... é sábado, estou aborrecida, e tenho coisas aborrecidas que fui acumulando, tudo graças à minha mentalidade de esquilo. Então resolvi transformar a minha "pochete" (que até foi oferta num conjunto de perfume que me deram há uma estupidez de tempo) que não uso, e tenho sérias dúvidas de alguma vez ter usado.

Antes

Depois


 
        Ultimamente as malinhas tipo envelope vêm-se muito, como sou fã de malões onde trago metade da casa comigo, confesso ser um desafio trazer tão pouco comigo quando saiu à rua.

Passemos agora às fotos do processo criativo... lol




Lembrem-se eu estava mesmo aborrecida


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Você sabe quem é...

Nelson Oliveira, Telma Santos, João Pedro Silva, Irina Rodrigues, Joana Ramos, David Rosa, Ana Rodrigues? Ok são nomes recentes que nos entraram pela casa pela caixinha mágica...

Mas a Clarisse Cruz, o Bruno Pais, Beatriz Gomes, Diogo Carvalho, João Costa, Vânia Silva ou mesmo João Pedro Monteiro? Também não lhe dizem nada?

São só atletas que foram o ano passado aos Olímpicos em Londres, por isso nos próximos não exija nada de quem não conhece...

sábado, 5 de janeiro de 2013

Que nervos, por que não fica igual ao Pinterest?

       O título por si só já diz tudo, a nossa percepção da realidade começa a ficar mais que alienada. Cheguei ao cúmulo de tentar retroceder a emissão do rádio para apanhar a piada de um programa matinal, isto porque agora temos as gravações automáticas no Meo, os dias por mais próximos que sejam, parecem longínquos por causa das actualizações de "estado" no Facebook, e as nossas capacidades de concretizar seja o que for estão exageradamente enfatizadas.

           Antes de se deslumbrarem com o Pinterest, consultem o Craft Fail, acreditem que é um banho de humildade, não vão ficar todos convencidos de que conseguem fazer tudo com as dicas do Pinterest. Aproveitam que estão no site e riam-se à vontade da desgraça alheia, agora vou contar-vos os meus falhanços redondos...

             Unhas com duas cores separadas por margem em zigzag, mesmo feito com fita cola, ficou uma triste miséria, unhas me geral... isso poupa muitas descrições pouco compreensíveis para todos... Mas a pior foi mesmo numas botas que eu tinha, que agora são pantufas, decidi cose-las e tive um problema de execução...

 Conseguem ver a diferença de espaço deixado?

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Abrigo de Carinho

Porque nem todas as associações de interesse público, têm uma projecção nacional, hoje vamos falar de um projecto local que precisa de ajuda como todos os projectos do nosso país!

São necessários cobertores, comida!

Também são precisos sócios, e para o ser precisa de amor pela causa e contributo monetário de 12€ ano, ano... sim viu bem ano. Sendo assim você não tem desculpa para não apoiar a causa, especialmente se for de uma zona próxima de Mira e Cantanhede!

NIB: 004534414024352618939
Contacto: abrigo_de_carinho@hotmail.com