quarta-feira, 22 de maio de 2013

estamos a preparar o encerro definitivo!!!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

"is this real life?"

             O meu cérebro já nem se dá mais ao trabalho de ir ao "Moss's happy place" (piada para poucos perceberem), agora acende automaticamente umas letras neon "is this real life?" estou fã do Dave, quer dizer às vezes também me lembro dos Queen em  Bohemian Rhapsody, logo na primeira parte da letra, num cenário escuro só com luz na cabeça nos elementos da banda...

            Posso não jogar com o baralho todo, creio que tenho mesmo uma patologia qualquer, mas f******, há gente que não tem mesmo noção de nada... Então não é o andam aí Chefes de Estado a invocar Nossa Senhora de Fátima como inspiração política? Mas estamos segundo uma ditadura que defende Deus, Pátria e Família?

             Outra história engraçada, foi a que me contaram ontem: A (um moço) encontra C (uma moça, antiga colega de faculdade) no chat do Facebook, no desenrolar da conversa C questiona A, se teria sido convidado para o casamento da antiga namorada, vamos chamar-lhe B... A com muitos pontos de interrogação, responde que não teria sido muito súbita a decisão de B ao casar, visto que ambos apenas terminaram relacionamento em Junho do ano passado, ao que C responde: "Não, então a B já estava com ele há 3 anos"....O meu parecer sobre a história: é de louvar a coragem de B em manter dois relacionamentos ao mesmo tempo, é mesmo preciso reconhecer que tal pessoa é dotada de uma destreza mental e sobretudo emocional acima da média, um relacionamento já dá um cabo dos trabalhos quanto mais dois.

                  Gente que se chateia com funcionários por causa do Facebook no nosso país? Não fazia ideia que tal "americanice" pudesse cá chegar... Também não sei que violou primeiro a fronteira que separa a vida profissional da pessoal, nem se sequer tem alguma coisa a ver com isso... é melhor ir ler a Visão...

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Fluoxetina: em caso de dúvida não tomes!!!

              Não sou médica, farmacêutica, enfermeira nem auxiliar de saúde, as seguintes afirmações são fruto da minha experiência pessoal com a medicação em causa.

               Para as mais vaidosas, fluoxetina emagrece, mas emagrece mesmo. Estava com 94 quilos, passei para os 80 kilos, tenho a dizer que o processo de emagrecimento é penoso, quer dizer até aí nada de extraordinário, todas as dietas o são, mas neste caso emagrecer não pressupõe deixar de comer, nem fazer exercício, a perder de peso decorrer pela diminuição de comportamentos compulsivos com comida, como será o caso das pessoas que comem por questões emocionais... tipo, eu!

                Algumas das contrapartidas quando se toma fluoxetina, é a sensação de boca sempre seca, como se estivesse de ressaca, começa a ser incomodo quando passa dias a fio com a boca a saber a papeis de música, já para não falar dos enjoos matinais. Vai parecer que está grávida/o, as manhãs com vontade de vomitar e estômago embrulhado até ao final da tarde.

                Não acredito que fluexetina seja indicado para pessoas ansiosas como eu, e a certa altura até mudei de medicação, já li algures que fluexetina despoleta tendências suicidas... O que me parece é que de facto nunca atingi o Equador, mas os meus Pólos não são só dois, mas a determinada altura estava meio que perdida dentro de mim, como não existisse qualquer tipo de equilibro na minha cabeça. 

                    Por isso recomendo que a solução para que as coisas melhorem para ti, que apostes numa actividade de lazer, que te distraias, pintes o teu quarto de uma nova cor, arranjes um namorado ou pseudo namorado novo, faz coisas novas!!!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

"is this real life?"

             O original é o David, depois de ter vindo do dentista... coincidência das coincidências, também tenho rumado ao dentista como se não houvesse amanhã, mas não foi por esse motivo que me lembrei do David. Imaginei que a "minha criança interior" (e não, não estou grávida weeeeeeeeeeee) tivesse reacção semelhante com as situações que têm vindo a acontecer.

                 Fui ao cinema, sim isto de não comprar cremes e tabaco, e lanchar em casa, e outras práticas economicamente saudáveis, e vi.... SPRING BREAKERS, (a culpa foi da minha paixão secreta pelo James Franco, mesmo tendo os olhos pequenos, há qualquer coisa no "moço"). Poucas coisas há a dizer do filme, se fosse uma adolescente, uma ganzada teria  mais considerações a fazer sobre o filme, mas como não encaixo no estereotipo tenho a dizer um  redundante "é uma merda!". Fiquei mesmo arrependida de não ter ido ver o Scary Movie, mas pensei que não iria perceber a sátira, uma vez que não tenho visto filmes de terror ultimamente. Vá não façam considerações menos positivas ou mesmo odiosas: "Só vais ver merda porque queres!!!", a bem ver até estava em exibição o filme do Jeremy Irons, mas estava num dia de ver coisinhas de fácil digestão...

                  Caso ainda não tenham percebido estou mesmo danada por ter pago para ver esta merda! É que podia ter tido a dignidade de ter adormeci... mentira, acho cena mesmo à "novo rico" (quer dizer ainda existe o conceito de "novo rico"?) :"Paguei, e posso dar-me ao luxo de pagar para dormir"... mas bolas adormecia a ver o "Fight Club" e depois vejo esta merda do primeiro ao último minuto?


              Têm visto o Big Brother? Eu também não... vou espreitando, a verdade é que não conheço metade das pessoas que lá estão, por isso nem vou contestar se são VIP's ou não... o que é que vou dizer... olha que não encaixo no estereotipo... lol Imagino que toda a gente conheça a Kelly, que é podres de boa, que deve dar dores de cabeça a muita gente, e já agora de cotovelo; ou o Joka, ou a Marta ( a loira oxigenada), entre outros... para quem segue a TV, vá a discotecas que tenham presenças de pessoas famosas por serem famosas, eles hão-de ser VIP's.

               Por vezes sinto-me simplesmente ingénua,  e frustrada comigo mesma, porque ingenuidade (como estou farta de dizer) assenta-me mal. Tudo porque de boa vontade e sem qualquer pretensão me voluntariei a mudar os meus horários para ajudar uma pessoa, e ela me ter respondido: "Cala-te, não sabes nada da minha vida", ao que nem tive resposta de tão parvo que achei...

                 Acabou a série "The Ice Cream Girls", sinceramente gostei, quero lá saber que é uma série de gajas...

             

domingo, 5 de maio de 2013

Carta ao novo amor

Querido novo amor, 

Não é a primeira vez que nos cruzamos, nem muito menos a segunda, a verdade é que durante a adolescência já tínhamos uma relação doentia, quer dizer agradavelmente doentia, agora temos qualquer coisa estranhamente doentia, não ao nível "50 shades of Grey"... ainda estou para perceber porque me compraste esse livro, não faz mesmo o meu género: "erotismo para solteironas inseguras", e submissão é cena que a mim não me assiste.

É de lamentar que a vida nos tenha unido, duas pessoas com assuntos mal resolvidos com anteriores amores, numa relação peculiar, sem grandes emoções, nem grandes promessas. Cada um com os seus fantasmas, desilusões, a bem ver vivemos com os fantasmas um do outro, eu com os teus, e tu com os meus. E por mais que queira romancear a nossa relação, seja só lacónica.

É de lamentar a minha instabilidade, e a tua sobriedade; a minha leviandade, e a tua precaução. Nós não temos quase nada em comum, tirando o facto de não querermos pensar muito na "nossa" (dita) vida... quer dizer, às vezes gostava de saber. Mas um rótulo traz pressupostos, e quem disse que não podemos saltar uma outra coisa mais convencional.

É de lamentar a minha falta de preocupação com o que nós temos, de ser mimada a ponto de te empurrar sempre que te aproximar de mais, por saber que vais voltar a tentar chegar um pouco mais perto, pelo menos por enquanto; de não cuidar de ti.

É de lamentar que como qualquer relação tenha gente periférica, que só atrapalha... e eu ter esta tendência natural para que não gostem de mim.

Não sei quanto mais tempo vamos aguentar, entre saídas para tomar café, e filmes e pipocas em casa, do meu silêncio, da minha necessidade de me aninhar em ti para dormir umas horas e depois ir embora, de combinarmos tudo em função dos teus horários, do teu mau humor passivo-agressivo, da minha teimosia em não querer que ninguém saiba de ti. Mas enquanto durar que seja melhor do que está ser... E que por daqui a adiante tu passes a ser realmente o meu novo amor.




quarta-feira, 1 de maio de 2013

1 de Maio

              Hoje foi o dia do Desempregado, Trabalhador Precário, mais conhecido como "Tapa Buracos", e do sortudo do trabalhador que pouco mais ganha que o ordenado mínimo  que não chega para pagar a renda de casa, mas aos olhos da carga fiscal é um ricaço. O desempregado, prestigiado elemento da sociedade, é mesmo fonte de rendimento para alguns, há quem ganhe dinheiro a avaliar quantos recursos humanos existem no mercado, e avaliar o trabalho como produto numa simples lei de oferta e procura... Analisem bem as ofertas de trabalho que existem na net e depois debatemos o assunto... e o mais importante não se iludam com a quantidade de ofertas, por que a desilusão pode focar-se em vocês mesmos e não nos outros, que fizeram com que vocês ficassem com tal expectativa de proposta de trabalho, que na realidade não existe, não passou de engodo para saber quantas pessoas se preponham a executar tal trabalho e tabelar assim um ordenado. Sendo um engodo, estão a gozar literalmente com a vossa cara, primeiro porque alocar um anúncio de emprego não pressupõe comprovar a existência do mesmo, segundo porque o que não faltam são pessoas com iguais ou superiores qualidades para executar o mesmo trabalho e assim sendo, uma vaga para engenheiro de telecomunicações na Irlanda tem como remuneração mensal  pode chegar a uns estonteantes 600 euros. E esta merda está tão má que já nem falo no típico: "coitadinhos destes desgraçados que estudaram só ganham 600 euros", não, são 600 euros que não chegam sequer para amortizar viagem, quanto mais para fazer pé de meia...

            Hoje foi antes de mais o dia de churrasco, porque todos os dias comemorativos são boas desculpas para enfardar como se não houvesse amanhã... E reparem que é inicio do mês e não estou a falar de limpezas, e arrumações... estou tão orgulhosa de mim!!! (Desculpem lá a mudança súbita de assunto mas eu já me estava a passar só de pensar no assunto, e daqui a pouco ia parecer uma comunista)
 

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Uma idiotice como outra qualquer

"Sabes o que era muito bem pensado? 
           Fazer uns bolinhos com pau de cabinda, mas ocultando que o tinham, contribuíamos para a natalidade e para a boa disposição geral "                     

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Passo a vida a deitar coisas para o lixo

             Não é que esteja importada com o que possam pensar de mim, tipo: "tu és mesmo uma consumista", ou então: "que bela maneira de te gabares que tens muitas merdas" (por incrível que pareça esta já ouvi)... mas o meu quarto (maaaan quantas vezes é que já falei do "dito" aqui?) é um buraco negro no universo, daqueles que sugam coisas, e de vez em quando lá cuspe uma ou outra coisa.

                     Como este é o meu blog, e aqui prevalece a minha opinião (como sou narcisista) a culpa é da minha mãe, é sem dúvida genética esta mentalidade de esquilo, que não me deixa deitar coisas fora, que está sempre a pensar em reutilizar "coisinhas"... e por falar disso tenho de voltar a fazer posts de "Pimp my..." A culpa pode ser partilhada com o meu avô paterno, são incontáveis os objectos, e electrodomésticos que já meti no lixo, desde frigoríficos (2), um fogão, rádio, óculos de sol, roupa, ... digno de encher um contentor do lixo!

                   Hoje apareceram uns headphones (olha lá como estou "nova avec"), auscultadores que não faço a mínima ideia se mos deram, se os comprei (provavelmente não, uma vez serem desses promocionais), com um bocado de sorte, o mais certo é sofrer de Alzheimer...

                 Fiquei tão desorientada com tal aparição, que quando o "sr." da distribuição da Delta Q tocou à campainha e se identificou como tal, em vez de dizer: "Suba" disse um estúpido: "Já temos uma, obrigado". Sim a nossa máquina estragou-se (como se electrodomésticos a avariarem-se cá em casa fosse alguma novidade) e em questão de dias repararam os danos, para além de nos trazerem uma máquina de substituição... Muito bem assistência técnica da Delta!

                 Adorava ficar aqui a escrever mais umas merdas, mas tenho de ir dormir e sonhar com a ida ao dentista de amanhã, weeeeeeeeeeeee vou tirar mais um dente do ciso, o segundo (o primeiro foi em Agosto do ano passado se não estou em erro) uma experiência que mesmo sendo a segunda vez É ÚNICA!!!



                      

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Parabéns Pai

           Nem sei há quanto tempo não vou ao Facebook, mas às vezes penso que seria melhor fazer uma nova conta, com amizades mais selectivas, tenho muitas notificações de gente a lavar roupa suja, que aparecem sem grande aviso na minha linha temporal. Ok Ok também lavo roupa suja no meu blog, mas quem passa por cá é por que quer, não imponho visita a ninguém. E sim, faço das minha opiniões "bandeira" para posts mas não te aparecem no ecrã sem que peças!

           Ao contrário do 007, "you only live twice", o meu pai "have the right to born twice"... desculpem só queria fazer um trocadilho cinéfilo e saiu esta merda ridícula... ok o meu pai faz hoje oficialmente anos, por que o registaram um mês depois dele ter nascido... é por isso que um gajo é pobre até lhe roubam na data de nascimento. Em minha defesa tenho a dizer que quero viver numa sala de cinema, com ligação à net, vão estrear uns filmes que me agradam bastante: Paulette (uma velhota que é dealer), Star Trek Into Darkness (sem comentários, do êxtase em que entrei só de pensar no filme nem palavras tenho), Phantom (ver o David Duchovny vestido ao estilo Corto Maltese, mesmo que seja num submarino, grrrrrr), mais o novo filme do SuperHomem.... Oh vou gastar muuuuuuito dinheiro em bilhetes de cinema... e penso estar a esquecer-me de algum...

               Muito bom, suponho que seja, será a série The Icecream Girls (não tem conteúdo porno, "penso eu de que...", e refiro isto porque quando me disseram: "vai dar agora uma cena muita gira, the icecream girls" pensei logo que seria porno), passam 15 anos após um escândalo numa pequena cidade, traduzido na prisão de uma adolescente,  que à sua libertação tudo indicia que irá vingar-se da sua companheira de crime... promete!

               Estou ansiosa pelo bom tempo... é verdade, é um ano atípico, nunca anseio pela Primavera, mas este ano, com as programadas pinturas do quarto, e toda a redecoração, e as batatas, f***** andou uma gaja uma tarde inteira a plantar batatas para depois chover, e num posição tão pouco digna que é andar de cu para o ar... 

           





sábado, 13 de abril de 2013

o que nós temos?

mas que raio de relação é que temos?

temos uma relação?

sei lá, somos duas pessoas que se relacionam, suponho que temos uma relação. Porque me ligar para vir a tua casa ver filmes? E saímos juntos? E tive de ir aos anos da tua sobrinha?

é engraçado ver-te dormir passados 15 minutos de começar um filme, e és boa companhia

é só isso? então porque ficas chateado de falar  do meu ex?  porque me ligas quase todos os dias para saber onde ando? e porque é que me sinto encurralada numa relação sem grandes promessas?

...

ah ah, apanhei-te!

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Merdas que me acontecem

             Dá para acreditar que ia incendiando o meu quarto por causa de uma vela e de um pincel de maquilhagem? Juro que não tenho esse tipo de desvio comportamental, do tipo que aprecia ver labaredas enormes, e cenas que tais. Incendiar, também é um exagero da minha parte; acordei de madrugada e esta um cheiro no meu quarto digno de cano de esgoto, e resolvi acender uma vela de cheiro que queimou parte de um pincel, em questão de segundos. Só me apercebi da merda que podia ter acontecido quando acordei ACORDEI, se é que estão a perceber.

                Não é a primeira vez que tenho estas tendências pirómanas, ainda há coisa de meses (mas já este ano), para poupar uns trocos, coloquei grãos de café um recipiente de vidro de uma antiga vela aromática, e no meio do café meti uma vela para dar uma agradável cheiro aos grãos e não comprar velas com adicional cheiro, que por vezes são caras. Passados alguns minutos o nível da vela foi descendo e os grãos foram queimados e não tardou estarem em chamas.

            Começando o dia com uma madrugada diferente, a continuação do dia prometia. Estava a trabalhar, quando a minha mãe me liga dizendo que estava nas compras, querendo saber se precisava de alguma coisa, ao que respondi prontamente "creme facial", e ainda  de "negociar" a compra do dito, pela monstruosidade numérica de cremes que tenho. Quando cheguei a casa tinha em cima da cama isto:  nacional, não testado em animais, e sem parabenos (seja lá o que isso seja, bem eu sei o que são parabenos, não percebo é como já chegaram à conclusão que são malignos). Caso tenho clicado no link, sabem que se trata de uma indirecta: "creme anti- rugas" mas preciso lá disso (ou será que preciso?), e depois como pode ter a denominação não testado em animais? isso pressupõe que animais não estarão envolvidos no processo, ora como se extrai baba do caracol?


               Também quero reclamar que a bateria do meu portátil se f****, e que não gosto de comida doce, e que me sinto ignorante de cada vez que leio um livro do José Rodrigo dos Santos, que não gosto quando me olham com estranheza quando como sementes de girassol, e detesto estar com tanto sono e não consigo dormir. E a merda, e ainda voltando aos livros, é que este ano ainda não consegui acabar nenhum, e início de cada mês começo sempre um, mas acaba-lo que é bom... não me apetece!

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Lindo


sábado, 30 de março de 2013

gajas e doces


Ainda não estou totalmente recuperada do choque que foi ter pago 60 € pela minha bagagem no aeroporto, isso adicionado ao facto que tive de deixar uma garrafa de água totalmente cheia no check in do aeroporto, por causa das políticas de líquidos.

Muita sabedoria há no filme Rambo III, a minha mãe ainda não percebeu que somos meninas, e que meninas não vêm filmes onde um só homem acaba com uma guerra. Mas mesmo assim, tenho de dar a mão à palmatória, todo o filme ficou resumido a: "Deus gosta de gente doida, por isso é que faz tanta", é quase a frase que resume a minha vida.

Amanhã vou fazer migas de bacalhau para o meu avô, prometi-lhe o prato há imenso tempo, e ele ainda não se esqueceu. Ainda dizem que os velhos padecem de má memória! Má memória de maneira geral não bateu à porta da nossa família, se assim fosse já me teria esquecido das dores que as idas ao dentista trazem.

Agora até que me esqueça do "não ir a lado nenhum" que é a série "Pretty Little Liars" não volto a vê-la mais. Finalmente vi os episódios da última série, weeeeeeee tive tempo para ver séries, pena é ter sido pura perda de tempo, mas agora dizem que estreia "The Game of Thrones" e a coisa compõe-se.

sexta-feira, 29 de março de 2013

quarta-feira, 27 de março de 2013

miss you


terça-feira, 26 de março de 2013

Procura-se

Procura-se pessoa de confiança com transtorno obsessivo- compulsivo, com tendência para organização/ arrumação para tratar do meu quarto em casa dos meus pais. Remuneração negociável.

terça-feira, 12 de março de 2013

Puta de sorte


Pimp my ...Clutch 2

Ela  estava aborrecida...

Agora está pindérica!!!

sexta-feira, 8 de março de 2013

sexta-feira, 1 de março de 2013

Esta semana andei tão nervosa que quase insultei a tua mãe

             Depois de um entediante fim-de-semana, a semana revelou-se agitada, e a única coisa que trouxe foi uma monumental dor de cabeça de segunda a sexta, sinceramente nem sei por onde começar...

               Do início, tive de levar o meu avô ao oftalmologista, e ao final da consulta o médico chame-me num tom confidencial, que assusta qualquer familiar de idoso, e anuncia um suposto derrame no cérebro que terá afectado a visão do meu avô. Como tenho mais medo de médicos que do "bicho papão", tive uma tremenda vontade de chorar,o meu avô tinha acabado de decidir que não queria estar mais no lar, e restava-me a incerteza de quem iria tomar conta dele... tudo por causa do DERRAME. Após a realização do TAC, conclui-se que afinal não tem nada, suspiro de alívio mas tenho vontade de maltratar o oftalmologista.

                Quarta fui à capital, a possibilidade de oferta de emprego agradava-me, especialmente sendo a entidade empregadora gerida por "amigo do amigo" (essas histórias que parecem mal no público, mas sendo no privado, cada um faz o quer). O que prometia ser ambiente agradável, de conversa cordial e mais ou menos informal acabou num cínico "Obrigado por me ter recebido", depois de ouvir o que senhor quis e bem entendeu.

                    Ainda relativo a quarta, a par de ter gasto dinheiro em transportes públicos, que é uma maneira subtil de nos lembrarmos que somos pobres, as putas da botas que o meu pai me deu pelo Natal, aleijaram-me de tal maneira os pés que na quinta parecia que tinha os pés partidos, isso somado ao sono e ao nervosismo foi uma mistura interessante.

                     Quinta chegou uma carta a casa da Via Verde (empresa da qual não somos clientes), para pagar duas passagens em pórticos referentes ao ano passado. Ao tardio envio da carta, e ninguém querer assumir a "culpa" dos estonteantes 6 euros não pagos em Março e Julho do ano passado, rumámos a Aveiro para ver as fotos da carrinha a passar na Batalha às tantas da madrugada. E não tinha sido eu, e isso é que importa! Mas achei piada, para não assumir a dita culpa, já se supunha que tinham adulterado a matricula de qualquer viatura e lá nos tinha saído a sorte de pagar, gente que vê filmes é outra coisa!

                     Hoje vi um antigo namorado, ele não era bem meu namorado, éramos putos sabíamos lá o que estávamos a fazer, e ele estava a ficar careca, e aí eu tive uma epifania; "Sara estás a ficar velha". Ele provavelmente estará casado, e a criar um puto ou dois, mas bolas, careca? E eu? Como é que estou? Para além de gorda, é o que o número das calças me diz...

            

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Listas

             Ando numa de listas, para ficar mais organizada! Aliás estou tão na onda da organização que até as minhas listas estão organizadas, um orgulho, "côsa mai linda". Há um número jeitoso de categorias, que vão desde livros a ler, categoria blog, crafty (artesanato era uma palavra muito grande) entre outros, tudo separado por post its porque andamos numa de poupar e era o que havia em casa.

          A real razão de tanta lista, vem da necessidade de organizar o meu quarto, que ora está desarrumado, ou está quase arrumado, mas arrumado de facto nunca fica. Desde que me propus a abraçar este conceito do "faça você mesmo" que nunca mais tive arrumação... Também, verdade seja dita, tenho muitas ideias, começo a agrupar itens para um qualquer projecto e depois nunca mais lhe toco.

              A minha solução são as listas, encontrei um caderno, neste sítio secreto que é "debaixo da cama" aí as coisas estão arrumadas, pelo menos a minha mãe não, e como se diz: "Longe da vista, longe do coração", e lá comecei eu... Já vou em 7! espero que sejam impulsionadoras de criação, e não criadoras de frustração!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Ex(s)foliantes - Faça você mesmo

              Depois de abraçarem o conceito do "Feito em Casa", preparem-se a vossa vida nunca mais vai ser a mesma. Se forem umas pindéricas como eu, o título da vossa vida poderia ser "Da cozinha para a Casa de banho". Ando a especializar-me em exfoliantes corporais, e depois do falhanço que foi em Dezembro, ando a tentar novos. Note-se que não sei se escreve exfoliante ou esfoliante (estejam à vontade para me elucidar),  aproveito para pedir desculpa a quem dei o ex(s)foliante como prenda de Natal (mesmo que por simpatia, suponho, terem dito que gostaram).
                O primeiro exfoliante que publiquei tinha o problema de ter azeite, e durante o banho o cheiro não me agradava, nunca fiquei com o cheiro depois do banho, mas não me convenceu! A bem ver, sou uma esquisitinha com cheiros, ao início cheirava-me mais aos grãos de café depois parecia que o cheiro a azeite sobressaía mais, não ao ponto de parecer refogado, não exageremos!

Receita de ex(s)foliante de Coco Limão e Açúcar (ainda não testada)

Ingredientes:
Leite de Coco ( 1/2) copo
Açúcar amarelo (1 1/2) copo
Sumo de (1) limão

Material:
Recipiente, Varas de metal, Espremedor de citrinos, Funil, Copo de plástico (para servir de medida), Garrafa de vidro para produto final

Preparo:
Misture todos os ingredientes, não esquecendo de coar o sumo de limão. Colocar na garrafinha... É mesmo à prova de totós, não há como errar, e cheira divinamente bem.

Receita (experimentada e finalizada, e não me caiu a pele) Ex(s)foliante de Baunilha Menta e mel

Ingredientes:
Açúcar Amarelo (1 copo)
Óleo de Amêndoas Doces (1/2 copo)
Mel (1/2 copo)
Vagem de Baunilha (1)
Óleo de menta (10 gotas)

É simples, basta misturar tudo! E até agora foi o melhor ex(s)foliante que usei, mesmo comparado com os de compra em casas da especialidade, ou de grandes superfícies comerciais!



Domingo o dia das plantas e sementes

             Estava aborrecida como os cornos, no domingo passado (ontem), em que nem pinga de chuva se fez sentir na janela do meu quarto. Tenho esta obsessão por domingo de inverno com chuva, chamem-me "convencional", se é Inverno tem e chover.

              Redimida às evidências, lá tive de inventar o que fazer...
Tirar folhas secas das plantas decorativas...

Tirar as metades de garrafões da túlipas da minha varanda

Semear salsa, para poupar uns trocos

Adubar as Túlipas e o Ranúnculo com sacos de chá.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Cenas feitas em casa

Microdermoabrasão em casa:

3 unidades de bicarbonato de sódio
1 unidade de água (usei água termal, porque estava à mão, e dá um ar mais profissional à coisa, mas penso que água da torneira funcionará às mil maravilhas)

                                                 

              As medidas ficam à vossa escolha, a final de contas vocês é que sabem para que parte do corpo vão usar, logo a quantidade fica ao vosso critério. E não se preocupem, esta mistela é compatível com a vossa cara, mas em caso de dúvida, apliquem primeiramente uma pequena quantidade por trás da orelha e logo vêm se fazem reacção à mesma ou não.

Condicionador para Cabelo Seco:
         Sim leite de côco, depois de lavarem o cabelo com o vosso champô, apliquem óleo de côco como se de condicional se tratasse. Para potenciar as propriedades do leite, enrole o cabelo com uma toalha molhada em água quente e vá tomado banho, aplicando gel de banho e assim, e depois enxague o cabelo.

           Avisos:
  • O cabelo não vai cheirar a cocô (isso queria eu)
  • O leite de cocô tem uma durabilidade de 10 dias depois de aberto, e aplicação do leite de cocô (pela minha experiência) é feita de três em três dias, coincidindo com as lavagens do meu cabelo. Uma vez que vai expirar a utilização do leite de cocô, arranje outras utilizações para não estar a deitar fora dinheiro.
  • O leite de cocô pode ter uma consistência um pouco coagulada, mas isso não quer dizer que esteja estragado.
  • Até ver o meu cabelo não caiu

Truque para prolongar o verniz nas unhas

        Simples, simples, simples... não que resulte comigo, aliás tudo o que toca a unhas resulta muita bem mas nas unhas dos outros. Basta passar vinagre nas unhas antes de as pintar, usando bolas de algodão ou mesmo discos embebecidos em vinagre (vejo a minha mãe a usar de cidra, mas qualquer um deve dar)


Novos Avecs, Putas da Conspiração e Fotos

              Ok digamos que estou mais do que desanimada por não ter chovido durante o fim de semana, isso não invalidou que fizesse o que tinha planeado: hibernar, bem não era bem hibernar o planeado, era mais viver em clausura durante o fim de semana, simplesmente não queria ver ninguém, falar ou ouvir gente.

            Reparei que ultimamente tem sido prática corrente. em vídeos no Youtube, gente de marca nacional, que mistura português com inglês, utilizando expressões como "what ever", e cenas do género, o pior é mesmo quando não sabem a palavra em português para se referir a qualquer coisa que têm à frente e querem mencionar, e utilizam o vocábulo em inglês. Para ser mais específica: "wipes", ou seja toalhetes, uma miúda no Youtube, portuguesa, residente em Portugal que não sabia dizer toalhetes... Ridículo! (no mínimo) Chegam a ser pior que Avecs em época de férias, se bem que os ditos ainda têm uma razão para falar de maneira afectada, tanto por causa do sotaque tanto de construção de frases, basicamente são vítimas de net este gente que se acha parte do fenómeno Youtube.

     Toda a gente diz merda, especialmente políticos, e esses comentadores de programas de entretenimento. A noticia da hora é a resignação do cargo, Sumo Pontífice ou lá o que é, do Papa Bento (número indefinido), desculpem assuntos católicos são para os católicos, não é bem a minha onda, mas facto é que não houve dia da semana passada que não se tenha falado do assunto, agora até se fala em conspiração.

       Conspiração!!! Num programa estava uma entidade, ou melhor uma autoridade de conspirações traduzida em não sei quantas línguas que falava com segurança da conspiração. Só para ele: "OH caralho mas quem és tu para falar do Vaticano? Tens conhecimentos lá, és afilhado de algum cardeal? Num país em que ninguém sabe de nada sobre as contas públicas, tu sabes o que se passa no Vaticano?"

             Passamos a fotos aleatórias do fim de semana:


           
                  

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Antes que a net acabe

           Adivinha-se um fim de semana tempestuoso, pelo menos é o que dizem as previsões do tempo e o meu pressentimento de "gente traumatizada" com o que aconteceu há um mês. Bem digamos que estou preparada para o fim de semana, comprei guloseimas, desde chá até doce de tomate para barrar bolachas maria, gelado de café (o meu preferido), tenho um novo livro para ler, que de novo não tem nada. Vocês sabem mau tempo significa parar o país, ficar sem electricidade, água potável, net, telefone e telemóvel, e até sem multibanco.

          O mau tempo será mais um pretexto para me refugiar em casa, sim as minhas experiências com óleo de sândalo adicionado no creme hidratante facial, traduziram-se numa reacção alérgica que transformou a minha cara em pudim vermelho acabado de sair do forno. Também tinha  programada para este fim de semana a instalação do motor de rega de balão no meu jardim, por isso, o mau tempo é mais um aliado do que um inimigo.

          Já me imagino a fazer bolos, e suminhos de fruta com a máquina de altura jurássica que a minha mãe descobriu na arrecadação, a caixa da máquina ainda tinha a factura da Singer, e já nem há Singer. Sempre pode ser que agora beba mais sumos multivitaminicos de fruta do quintal, e dê para perder mais uns quilinhos, sim porque fazer exercício físico está escasso. E fazer bolos num fim de semana tempestuoso é a minha especialidade., e se ficar com dores de barriga depois de comer, o cenário fica perfeito.

          Aproveito para dizer que chegou a 2ª Tranche do Anti Crise, agora com o Rui Unas, e sem os seculares vídeos domésticos de cenas insólitas e previsíveis (lol), que eu consigo ver graças às gravações automáticas do Meo, vê-se bem, não vou dizer que bom, mas mau não é, e dá para rir. Pena que não repitam a dose de Estado de Graça. Mas nem sei porque sonho com programas televisivos se o mais certo é não haver televisão durante estes dias.

            Hoje vi o Harlem Shake, trinta segundos de pura estupidez, e o que tenho a dizer em relação a isso? Espero que hajam interessados para fazer uma versão comigo, não como se eu contribuísse para um mundo menos estúpido, já fizeram a saga Crepúsculo, e a série True Blood, ok... 
             



domingo, 17 de fevereiro de 2013

Correr é para quem tem pernas

        Hoje apetece-me dizer coisas horríveis, fazer parte das bestas da internet que só dizem merda e ofendem gratuitamente as outras pessoas, e vou começar da maneira mais odiável de todas: pisar em quem está no chão, sim vou criticar Oscar Pistorius.

             Não sei se ele matou a namorada ou não, sinceramente não quero saber, aquela pessoa nem devia correr, ainda estou para perceber porque ninguém teve coragem para dizer: "Atletismo nos Olímpicos é para quem tem pernas, e tornozelos, e já agora unhas dos pés". Quer dizer percebo, ser atleta federado é viver de patrocínios e de ser comedido nas declarações para não os perder, pelo menos em modalidades mais massificadas. E como vivemos numa sociedade tão tolerante com deficientes acabamos por os discriminar tão positivamente, que acabamos por subverter a realidade.

              Agora devem estar a pensar na pessoa mesquinha e reles, mas pensem o Tiger Woods quando fez as operações aos olhos, foi impedido de competir em certas competições por estar em clara vantagem, sim os coleguinhas dele, profissionais do golf (que desconheço o nome, aliás só conheço o nome do Tiger Woods de anúncios publicitários, e do escândalo que foi o adultério dele) fizeram queixa devido à nova capacidade da visão dele ser mais precisa graças às operações.

               O Pistorius não tem, nem nunca terá o problema que tenho hoje, saltaram-me as unhas dos pés, mal consigo andar, quanto mais correr, este atleta porque a vida lhe tirou as pernas, e é uma desgraça não ter pernas, mas tem uma sociedade que o beneficia e que lhe permite correr profissionalmente mesmo sabendo que ele está em vantagem... ai coitadinho é deficiente!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Gente pretensiosa come quiche

        Cheguei há pouco a casa, cheguei do frio da rua, e não deixei a constipação abandonada à beira da estrada como sofá velho, mesmo com esta tosse seca tenho vontade de fumar um cigarro ou dois, e assim na puta da loucura três. Para quem conhece o Universo Gaja, sabe bem que não cheguei mesmo há pouco, ainda tive de tirar a maquilhagem, acender uma vela de cheiro, por o casaco de Inverno a arejar com spray desodorizante de roupa, dobrar a roupa e po-la na cadeira do quarto, esse tipo de merdas que toda a gaja que se preza faz.

         Tubo Jazz Band, nunca tinha ouvido falar, mas tal não me impediu de ver como era, até por ser de borla. Durante uma hora decorreu a actuação, durante uma hora voaram os meus olhos de mesa em mesa. Já me tinha esquecido do quanto gosto de reparar em pessoas, de ver a irmã bonita e a irmã feia, os familiares dos músicos para fazer número, dos pseudo-intelectuais, dos que ignoram quem toca e fazem a vida deles. Em tempos tive um colega que me dizia: "Ouvi jazz sóbrio, e não é que a música jazz é uma merda para gente pretenciosa!"

         Não tenho opinião formada, não sei se ainda bem que temos cultura de borla, ou se nem pagamos por ela, como se não lhe déssemos valor. Cultura... é um tema bonito em tempos de crise, mas quem sou eu para falar disso, à conta da crise perco o número de livros que compro por menos de 5 euros, vou a centros comerciais para assistir a concertos de borla, seja na Fnac ou qualquer outro sítio.

          E poupam-se uns trocos para comer uma quiche e beber um sumo natural, enquanto vejo os outros a comer no McDonald's, enquanto falam dos seus dias entediantes, repetitivos, e de duvidoso interesse. dessa gente que gosta de brincar às "Donas de Casa Desesperadas", e que organiza festas na escola pública para os filhos assistirem, ignorando que existem pais cuja actividade laboral pressuponha força braçal e não tenha cabeça para teatrinhos, como que  subvertem todo o conceito de escola democratizada... mas isso sou eu quem pensa demasiado nas coisas. 
              

domingo, 10 de fevereiro de 2013

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Que vergonha, minha cara!

         Isto foi o que ouvi, proferido pela boca sábia da minha mãe! E tem razão, a bem ver a pessoa recebe uns trocos e vai logo gastá-los em porcarias que não interessam a ninguém, que já me tinha mentalizado de que NÃO IA COMPRAR, mas como tenho uns trocos a mais na carteira fui gastá-los como se me fizessem comichão no bolso!

            Sejamos realistas, mesmo poupando não vou chegar a rica, e sim é bom ter um dinheirinho de parte para os dias chuvosos, mas alimentar o negócio de futilidades é... é um incentivo à economia... colou a minha desculpa? Pareci credível na minha justificação/ tentativa de me desculpar? Não? Pelo menos tentei...

           Agora olhando para o que comprei até sinto remorsos, e pior de tudo apetece-se dizer mal do que comprei como se isso me fosse fazer sentir melhor...e até pode fazer, é questão de experimentar...

 15 euros custa este exemplar de escova pouco convencional, que mais se assemelha a escova de equidios, uma escova de cerdas em plástico maleável (que suspeito que vá durar uma semana ou duas)... e a porcaria do corrector ortográfico automático começa a enervar-me nem reconhece a palavra: cerdas grrrrrrrrrrr que nervos!












Pestanas Postiças... nem preciso dizer mais, pois não? Provavelmente é preciso dizer que custam 10 euros, só para agravar mais o quadro clínico do meu estado mental...


Mas o que é feito da Sara BláBlá Blá "Ai que eu não compro produtos testados em animais"?














sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Declaro o dia de hoje: "O Dia da Santa Estupidez"

        Dia 1 de Fevereiro é um bom dia para tratar de seguros, e como eu amo mediadores de seguros, salvo rara excepção, que é uma bela excepção, sim fomos indemnizados pelo seguro da casa, é raro, fazemos parte de um quase mito urbano, somos a prova de que acontece... mantenham a fé!

         Mediadores de seguros são como folhetos de desgraças de terceiros, toda a desgraça alheia é do seu conhecimento, e tudo acaba bem quando se tem um seguro de vida da sua companhia, o problema é que perguntas concretas ficam sem resposta. Mediadores de seguros são como enciclopédias de factos inúteis da vida alheia, um misto de mediadores e equipa de peritagem, têm olho para toda e  qualquer aldrabice, toda esta destreza numa só pessoa, fascinante, no mínimo,

           Jovem que lês o meu blog, ou se estás aqui por acidente, se és mediador de seguros, TU ESTÁS AUTOMATICAMENTE NA MINHA LISTA CINZENTA. 

          Uma pessoa até fica atordoada com tanta desgraça, mesmo que solucionada com uma apólice de seguros, que nos esquecemos que o valor calórico de aperitivos descrita num valor em sistema numérico universal mas que procura a descrição calórica em português, como se as 550 calorias britânicas fossem diferentes das 550 calorias portuguesas.

           E como se o mundo não fosse suficientemente estúpido, deparo-me com o video de apresentação do filme "Warm Bodies", não é preciso ser um génio para ver que aquilo é uma merda que nos rouba tempo de vida, sem garantias de retorno/ devolução desse mesmo tempo. E eu pergunto-me: não houve ninguém que tivesse tido um rasgo de inteligência para pensar, num segundo que fosse, " Maaaaan este filme é mesmo estúpido", a quando das filmagens do dito? É que nos poupava à vergonha alheia, vocês sabem que tipo de vergonha me refiro, daquela vergonha do tipo: "São seres humanos como eu, como é que eles conseguem sujeitarem-se a tanto?"

             Eu por exemplo, ainda hoje disse uma estupidez, coisa verbalizada, "Oiça lá esta raiz de groselheira é à prova de toupeira? É que o meu quintal está cheio delas", bem depois desta ri-me para ver se compunha o ramalhete... resultou! Hoje a inteligência não andou de braço dado com o meu cérebro!

            Amanhã tenho de resolver o problema dos contractos das EDP Comercial e vão existir mais "falhas" para com a Mãe Inteligência, sim porque depois de ter ouvido uma rapariga que me pediu para soletrar o nome do meu avô e ter tentado um " I, Z, A, I, A, S" já estou por tudo...

domingo, 27 de janeiro de 2013

Obrigado


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Eles venceram-me

Que nervos, não é como se todos tivéssemos de ter uma máquina de expresso em casa... Nós não vivíamos bem com os saquinhos de café? Mesmo tendo 150 cápsulas iniciais com a compra da máquina...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Séries

                Antes de mais, gostaria de dizer que no próximo mês os posts deixam de ser diários; também gostava de partilhar a ideia de que faz hoje um mês que se celebrou o Natal... um mês! E que é uma estupidez comer tarte de kiwi quente, a menos que queiram parecer uns reis sentados na sanita, ou quem sabe um primeiro ministro a governar um país falido...

                 Hoje antes de vir para casa, passei por casa de um colega e interrompi a compra via Amazon da terceira temporada da série Justified, coisa tão legal que quase me pareceu descabida, já que toda a gente saca tudo da net. Fiquei curiosa, a série já não é recente, mas nunca tinha ouvido falar dela.

                De facto vejo muitas séries, The Big Bang Theory, Dexter (que acabou mais uma temporada), Two and Half Men, Games of Thrones (anseio a nova temporada), ainda agora acabei de ver Spartacus, e só são estas porque já desisti de ver How I Met Your Mother, que a meu ver está mais parecido com uma novela mexicana que outra coisa... E nesta lógica de novela, vejo o quanto ridículo é ver tantas séries, ainda não há muito tempo era foleiro ver novelas, todos censurávamos quem se colava ao ecrã a ver novelas da Globo, e agora não há ninguém que conheça que não veja uma série ou duas.  

                        Não quero com isso dizer que vou deixar de ver séries, aliás quase morri quando me disseram que The Game of Thrones só será transmitida lá para Outubro, a menos quando vejo as séries sempre penso no fantástico que seria se tudo acabasse sempre bem. Não é como se vivesse num país islâmico e fosse censurável ver qualquer coisa para me abstrair da realidade, se bem que existem pessoas que têm um discurso similar aos ditos "Ai porque eles nunca trabalham", sim porque a vida de uma pessoa a trabalhar é, na sua generalidade "muito interessante".

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

WEEEE temos electricidade

        O temporal deu cabo de quase no país, o resto que o governo vai deixando por destruir... que frase fácil em período de crise, já pareço um velho na tasca a falar. 

           Menos mal, temos electricidade, net, água canalizada, net, e... já disse net? Ok, somos na realidade uns sortudos, apesar de nos ter caído o portão do quintal, e continuar um vento que não se pode estar na rua, e a electricidade nunca nos abandonou...

              Acho que vou vender t-shirts: "Eu sobrevivi ao temporal do fim de semana passado", melhor sweats por causa do frio. E como se sobrevive ao temporal? Um bom livro "O Cemitério de Praga" de Umberto Eco, muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuitos dvd's (já que ficámos sem meo) e vontade de cozinhar... Sim, eu fartei-me de fazer bolos, e refeições para um regimento militar que deve durar uma semana (tirando o pormenor de que cá em casa só somos três), ei mas mais vale prevenir. Quer dizer dos bolos não sobra muito.



                E ainda bem que choveu que se fartou, eu também não podia sair de casa, não com a reacção alérgica que a minha pele fez à base por estupidez minha, quem manda usar uma base que já passou a validade?

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

i'm singing in the rain


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Pimp my... boots

                Nem sei de onde vem esta ideia de ter itens que mais ninguém tem, coisas exclusivas. A exclusividade sai caro, ainda há pouco tempo, estava a passear pelos canais do Youtube quando encontrei um video promocional de um site que vendia sapatos exclusivos, cada cliente costumizava o produto que mais tarde adquiria... cada um escolhia o que queria desde o interior, até à cor da sola do sapato.

                O site era estadunidense, até queria comprar um par só pela experiência, se bem que mesmo não comprando, toda a experiência do "brincar" aos designers de calçado já por si é satisfatória. O problema deste tipo de site é sem sombra de dúvidas o tempo de espera no que toca à entrega do produto, e com a Troika a "pesar" nas taxas alfandegárias, o "brincar" fica mais que caro.

                 Só me restou comprar umas botas baratas (15euros), com uns botões giritos por mãos à obra,,, iguais às minhas, não existem nenhumas...


terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Dica do dia

                O objectivo era fazer uma plantação de ervas aromáticas em casa, sem que isso ocupasse muito espaço na cozinha, até porque moro num apartamento. A ideia inicial era comprar uma covete (penso ser essa a denominação da coisa com concavidades várias) para armazenar as sementes para que germinassem na cozinha, mal sabia eu que as covetes têm um valor "enorme" no meu orçamento, digamos que custam 7 ou 8 euros... ei a ideia era poupar!

                  O meu eu mais idiota rumou à arrecadação e encontrou um pedaço de esferovite, que por lá andava perdido, para além de ter guardado rolos de cartão do papel higiénico de modo a tirar por todo um pé de salsa ou coentros para dar a algum vizinho mais necessitado, e assim poupar uns trocos.

                 A terra vem directamente do meu quintal e toda a minha capacidade criativa só me custou 2 euros que gastei na compra das sementes... apropriem-se da minha ideia e poupem uns trocos!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Folheto anti Tabaco

          Tabagismo é um problema grave, complexo e uma tremenda hipocrisia do Estado, que diz que o fumador é um "doente voluntário" esquecendo-se de que à conta da doença dele, lhe sacou uns valentes trocos só em imposto. Trouxe do Centro de Saúde de Cantanhede um folheto que alterei por pura diversão, mais por passa tempo.

Pensamento Positivo


No momento em que para de fumar começará a ter uma vida mais longa. Sem reforma e com fortes probabilidade de contrair outro tipo de doenças, ei cada um escolhe do que quer morrer.

E começará a viver melhor. Sim porque o mal da vida é o tabaco, quem não fuma não tem problemas.

O seu coração e os seu pulmões trabalharão melhor e o seu sangue transportará mais oxigénio. Terá mais vigor e fôlego para enfrentar uma vida até 10 anos mais longa com direito a diálise e assim.

Para além disso terá melhor aspecto, cheirará melhor e encontrará melhores formas de gastar o seu dinheiro. Tretas... dinheiro gasto em pastilhas de nicotina, não é dinheiro bem gasto.

Acabaram-se as manchas de nicotina nas mãos, nos dentes ou nos óculos. Acabaram-se as roupas e o cabelo a cheirar a fumo. Sim porque o fumo é só para fumadores, ou não fumadores nunca cheiram a tabaco...

Pense em como vai saborear melhor a comida e apreciar os aromas mais subtis. Troque o tabaco pela comida, fica gordo mas livre de tabaco.

E porque não programar umas pequenas férias ao sol com o dinheiro que vai poupar? Esteja ciente de que vai sozinho, não alma que aguente gente de ressaca de tabaco com humor mordaz.

Eu tenho mesmo uma relação difícil com tabaco.





sábado, 12 de janeiro de 2013

Pimp my... Clutch

            Ok... é sábado, estou aborrecida, e tenho coisas aborrecidas que fui acumulando, tudo graças à minha mentalidade de esquilo. Então resolvi transformar a minha "pochete" (que até foi oferta num conjunto de perfume que me deram há uma estupidez de tempo) que não uso, e tenho sérias dúvidas de alguma vez ter usado.

Antes

Depois


 
        Ultimamente as malinhas tipo envelope vêm-se muito, como sou fã de malões onde trago metade da casa comigo, confesso ser um desafio trazer tão pouco comigo quando saiu à rua.

Passemos agora às fotos do processo criativo... lol




Lembrem-se eu estava mesmo aborrecida


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Você sabe quem é...

Nelson Oliveira, Telma Santos, João Pedro Silva, Irina Rodrigues, Joana Ramos, David Rosa, Ana Rodrigues? Ok são nomes recentes que nos entraram pela casa pela caixinha mágica...

Mas a Clarisse Cruz, o Bruno Pais, Beatriz Gomes, Diogo Carvalho, João Costa, Vânia Silva ou mesmo João Pedro Monteiro? Também não lhe dizem nada?

São só atletas que foram o ano passado aos Olímpicos em Londres, por isso nos próximos não exija nada de quem não conhece...

sábado, 5 de janeiro de 2013

Que nervos, por que não fica igual ao Pinterest?

       O título por si só já diz tudo, a nossa percepção da realidade começa a ficar mais que alienada. Cheguei ao cúmulo de tentar retroceder a emissão do rádio para apanhar a piada de um programa matinal, isto porque agora temos as gravações automáticas no Meo, os dias por mais próximos que sejam, parecem longínquos por causa das actualizações de "estado" no Facebook, e as nossas capacidades de concretizar seja o que for estão exageradamente enfatizadas.

           Antes de se deslumbrarem com o Pinterest, consultem o Craft Fail, acreditem que é um banho de humildade, não vão ficar todos convencidos de que conseguem fazer tudo com as dicas do Pinterest. Aproveitam que estão no site e riam-se à vontade da desgraça alheia, agora vou contar-vos os meus falhanços redondos...

             Unhas com duas cores separadas por margem em zigzag, mesmo feito com fita cola, ficou uma triste miséria, unhas me geral... isso poupa muitas descrições pouco compreensíveis para todos... Mas a pior foi mesmo numas botas que eu tinha, que agora são pantufas, decidi cose-las e tive um problema de execução...

 Conseguem ver a diferença de espaço deixado?